Hope

 

O encontro animal entre homem e mulher concebe a prisão aquática do desejo. A mulher entrega-se a uma existência subtil, graciosa. A fusão com aquilo que a natureza em si desperta fá-la desdobrar-se em novos mundos, mundos de fome, sobrevivência, lassidão; sublime realidade. Gera-se uma nova vida; move-se, respira, subsiste num lugar de ecos embrionários. O acordar do toque na matéria densa fa-la-á por fim confrontar-se com a sua própria efemeridade e poder destrutivo da criação.

O Homem a aparecer e a desaparecer. 

 

........................................................................................................................................................................................................

 

The collision between a man and a woman gives birth to an aquatic confinement. The woman indulges in a subtle and gracious existence. The fusion with what nature awakes on her impels to develop in new worlds, worlds of hunger, survival, laxity; an all the most sublime reality. A new life is generated; moves, breaths, flows in a place of embryonic echoes. The arousing of the touch at the earth’s material complexity obliges her to confront her own ephemeral condition and the destructive power of creation.

 The man appears and disappears.

 

   

 

Realização, Imagem e Som

Direction, Image, Sound

PEDRO SENA NUNES

 

Interpretação

Interpretation

ANA RITA BARATA

 

Edição

Motion Design

PETAR TOSKOVIC

 

Produção

Production

SARA VIZINHO

 

Produção Geral

General Production

ASSOCIAÇÃO VO’ARTE